O cara ficou lombrado depois de fumar um cigarro de maconha

Zé Curubujo, estou atravessando o pântano. Aquele cigarro que você me deu, seu miserável, não era cigarro dos bons, charuto cubano. Eu acho que aquele cigarro era daquele da cumade florzinha de maconha. Estou muito mal assombrado, estou vendo vários índios, até dança da chuva estão fazendo na minha frente e eles não conseguem me ver. Eu acho que morri e não estou sentindo que estou baleado. Venha logo Zé Curubujo, seu miserável. Esse cigarro é bom demais, venha sentir a brisa, o vento batendo na nossa cara. Meu bigode está gelado cara!

Comentários

Faça parte dos nossos grupos e venha se divertir com a gente!

Whatsapp Telegram